Filmes divertidos de 2013

pacific-rim-gag-reel-600x352

Além de filmes bons e filmes ruins, gosto de colocar filmes numa terceira categoria, filmes divertidos. São filmes que, bons ou ruins, divertem. Todo mundo tem aquele filme que sabe que é ruim, mas que assiste sempre que pega passando na TV. Fica melhor quando o filme é bom, claro. Mas diversão é algo que sempre acho válido de levar em conta.

Alguns filmes da lista abaixo não são bons. O que importa aqui é ter feito rir, dar aquela vontade de berrar de animação enquanto assiste. Vários são divertidos apenas pela ação. Os melhores misturam com comédia. Existem até os que fazem rir apenas pelos diálogos afiados. Outros por gags. No fim, todos passam rápido por serem portadores da característica que dá nome a este post.

Vamos a eles.

JACK REACHERJack Reacher – Produção de médio porte, Jack Reacher contava com o nome do Tom Cruise de grande. Mais nada. Mas não é preciso ser grande para um filme ser divertido. Com simplicidade, o filme conta com um personagem semi perfeito e uma trama de investigação com equilíbrio de suspense e ação para divertir muito.

 

django-unchained-fan-poster-foxx-waltzDjango Livre – Tarantino é um grande diretor de cinema. Não há como questionar. Mas o que ele faz de melhor é misturar muito uso inteligente de câmera e narrativa cinematográfica com um texto que se divide entre o niilismo cômico e o suspense incômodo. Django é basicamente isso, com excesso apenas no longuíssimo terceiro ato.

 

the-last-stand-poster-ilustradoO Último Desafio - Schwarzenegger está de volta. Suas participações em Os Mercenários são divertidas e tal, mas ele retornou mesmo com este filme de ação repleto de referências a westerns, tiroteios divertidos e um bom ritmo. Sem contar que o austríaco não perde seu carisma, coisa que falta a todos os seus colegas brucutus.

 

 

 

 

fast_and_furious_6-wideVelozes e Furiosos 6 – Desde o segundo filme que essa franquia estava perdida. Felizmente, eles conseguiram se reencontrar neste episódio. De todos os Velozes e Furiosos, esse é o mais mentiroso e o primeiro a ter cenas de ação realmente bem conduzidas e divertidas. Acredite, ver um homem voar nunca deu tanta vontade de aplaudir num cinema. Um adeus decente para o Paul Walker.

 

world_war_z_footageGuerra Mundial Z – Divisor de opiniões. Muitos reclamam que é inaceitável um filme de zumbis para menores de idade. Outros reclamam pela falta de lógica. Eu só curti a louca jornada de Brad Pitt fugindo de zumbis que viram ônibus e escalam muralhas.

 

 

PACIFIC RIMCírculo de Fogo – A zoeira não tem limites. Que o diga Guillermo del Toro. Reunir tramas típicas da cultura pop japonesa com efeitos de ponta resultou num dos filmes com visuais mais bonitos do ano. E quando a porradaria começa, é impossível não se divertir com a brigas ilógicas dos robôs gigantes contra os monstros gigantes.

 

urlO Ataque – Roteiro de Duro de Matar dentro da Casa Branca? Já vimos isso mais cedo no ano. Troque o Gerard Butler pelo Channing Tatum, o Aaron Eckhart pelo Jamie Foxx e o Antoine Fuqua pelo Roland Emmerich. Ao invés de um filme horroroso, uma ação movimentada à moda antiga, cheia de gags e piadinhas. Analisando como um todo, é um divertido filme bobo. Com uma ou outra reflexão interessante sobre a indústria bélica dos Estados Unidos.

 

IMG_0278.dngInvocação do Mal – Terrorzão clássico. O filme acerta ao não tentar reinventar a roda. Família em uma casa, demônios e poucos sustos. O filme ganha ao causar medo e sustentá-lo. Puro e simples. Prova do motivo para que clichês se tornem clichês. Porque funcionam.

 

 

355371-malavita-l-esprit-de-famille-vu-par-620x0-1A Família – Chegou e saiu de cartaz sem que quase ninguém visse. Uma pena, pois não se trata de mais uma maluquice do Robert De Niro. O filme do francês Luc Besson é uma avaliação bastante irônica da imagem que os Estados Unidos exportam de si mesmos através de filmes de máfia. Na cadeira de produtor, ninguém menos que o próprio Martin Scorsese. Risadas garantidas e muita violência gratuita.

 

This-Is-The-End-Rogen-Franco-HilcblÉ o Fim – Seth Rogen e Judd Apatow dominaram o gênero de comédia nos últimos anos. Após ficarem algum tempo desaparecidos, eis que o primeiro ressurge como diretor e um dos protagonistas desta piada com as celebridades modernas e o fim do mundo. Nada é sagrado, nem os próprios artistas do filme. Vale a pena rir junto deles.

 

2013-04-23-thor_the_dark_world-e1366720351493Thor – Mundo Sombrio – Talvez o herói menos popular da Marvel nos cinemas. Thor perdeu muito com o fantástico e colorido do primeiro filme. Aqui ganha tom realista e muito mais ação. Equilibrando com a comédia quase infantilizada que o estúdio criou para seus filmes, Thor voltou aos cinemas em um filme muito divertido.

 

Muita gente não gostou desses filmes. Alguns eu compreendo, tem muita coisa defeituosa na lista acima. Mas jamais poderei dizer que não foi divertido, pelos motivos certos.

 

ALLONS-YYYYYYYYYYY…

About these ads

Sobre Vina

Publicitário frustrado, editor, cinegrafista, assistente e sonhador. Cinema é algo que não se entende completamente. Sempre se estuda.
Esse post foi publicado em dica, discussão e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s