Ética e ganância no centro do poder financeiro (Wall Street: Poder e Cobiça -1987)

Michael Douglas como Gordon Gekko.jpg

Wall Street – Poder e Cobiça (Wall Street, 1987), de Oliver Stone, aborda o lado dos que ganham com a crise econômica, o cinismo dos grandes especuladores e o deslumbre dos “yuppies”, que proliferaram na década de 1980. Contempla, assim, uma geração cujo capitalismo desenfreado trouxe consequências até nos dias atuais.

Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Ben-Hur (2016): Ação e Fé na releitura de um épico

ben-hur na corrida de bigas

O ano é 33 D.C. Os romanos ocupam a Judeia, o governador é Pôncio Pilatos, Judah é acusado injustamente de traição ao Império Romano e sobrevive a anos vivendo como escravo para se vingar de Messala. Com algumas adaptações ao original e tendo os detalhes do período bem demarcados, o diretor russo de origem cazaque Timur Bekmambetov usa os conflitos de espaço divididos forçosamente e atritos contíguos no Oriente Médio para embasar a releitura do épico bíblico.

Continuar lendo

Publicado em filmes | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Esquadrão Suicida (Suicide Squad – 2016)

Elenco completo

Alguns ditados se adequam perfeitamente para certos filmes. Às vezes é maravilhoso. Outras é só triste. No caso de Esquadrão Suicida não se trata apenas de um filme, mas de tudo o que foi feito com essa tentativa de construir uma franquia cinematográfica das Histórias em Quadrinhos da DC.

Continuar lendo

Publicado em filmes | Marcado com , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Procurando Dory (Finding Dory – 2016)

Dory perdida

Treze anos atrás, a palavra Pixar era a melhor incógnita que havia no mundo do cinema. Com um contrato de fazer filmes com a Disney, a produtora era invicta quando se tratava de produções de sucesso e qualidade. Procurando Nemo foi uma das primeiras vezes que pessoas choraram ao redor do mundo com a história de um pai em busca do filho perdido. Agora, chegou a hora de voltar ao universo dos peixes com uma nova perspectiva.

Continuar lendo

Publicado em filmes | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Fora do cinema: Stranger Things – 1ª temporada (2016)

poster desenhado

Eu não vivi os anos 1980. Nasci em 1988, então cresci mesmo com a construção de caráter da década seguinte. É claro que tive contato com a década anterior e talvez esse contato não-imediato (fiz referência também, entendeu?) com o período tenha feito com que a experiência de assistir Stranger Things tenha sido mais feliz do que a de outras pessoas, que reclamaram da falta de originalidade da série.

Continuar lendo

Publicado em série | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

A Incrível Jornada de Jacqueline (La Vache – 2016): comédia divertida em uma França idealizada

Texto por Maria Júlia Salloum. a vaca e Fatah.jpg

Sensível, delicada e divertida. La Vache é uma comédia bálsamo para uma França pós-ataques e vívida de tensões recentes. O enredo gira em torno de Fatah (Fatsah Bouyahmed) e Jacqueline, um agricultor argelino e a vaca dele, enquanto peregrinam a pé rumo à Feira de Agricultura que ocorre na capital francesa. A viagem é feita porque, após muitas tentativas, ele finalmente consegue ser convidado para participar do famoso e concorrido festival agrícola. Com o auxílio da pequena comunidade na Argélia, angaria o necessário para iniciar a jornada.

Continuar lendo

Publicado em filmes | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Jason Bourne (2016)

jason bourne na moto

Dizem os rumores que o apelido carinhoso de Paul Greengrass para o filme O Legado Bourne era A Redundância Bourne. Não é de admirar. Depois de duas pérolas de espionagem inteligente dirigidas pelo inglês, a tentativa de dar continuidade à franquia com outro protagonista soa como uma extensão desnecessária de uma ideia que foi levada ao máximo anteriormente. Será que o retorno de Greengrass e Matt Damon para a série não é, também, redundante?

Continuar lendo

Publicado em filmes, Uncategorized | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Dois Caras Legais (The Nice Guys – 2016): a parceria deu certo

Crítica da Maria Júlia Salloum ryan gosling e russell crowe.jpg

Los Angeles, final da década de 1970. Com ares de investigação policial, o enredo se desenvolve a partir do desaparecimento de Amelia (Margaret Qualley), filha da mandachuva do Departamento de Justiça (Kim Basinger) e a morte misteriosa da atriz pornô Misty Mountains (Murielle Telio). Ambas possuem conexão com um filme para adultos que pode revelar um esquema de crimes e perigosas conspirações e expor figuras importantes da cidade. No desenrolar da trama, os caminhos do  brutamontes de aluguel Jackson Healy (Russel Crowe) e do ébrio detetive particular Holland March (Ryan Gosling) se cruzam para desvendar o caso.

Continuar lendo

Publicado em filmes | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

A Lenda de Tarzan (The Legend of Tarzan – 2016): faltou aquele urro visceral

Crítica da Maria Júlia Salloum. Tarzan com os gorilas.jpg

Sim. O urro indissociável do Tarzan está mudado. Essa é a impressão da mais nova adaptação da história do menino, filho de aristocratas ingleses que, após uma tragédia com a perda de seus pais, cresceu cercado por macacos na selva africana. A lenda foi concebida pelo escritor Edgar Rice Burroughs em 1912 e já apareceu em diversos livros e contos avulsos, além de filmes e animações.

Continuar lendo

Publicado em filmes | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Longe Deste Insensato Mundo (Far From the Madding Crowd – 2015)

casal contra o pôr do sol.jpg

Um dos problemas do diretor Thomas Vinterberg é que ele é conhecido por apenas dois filmes, apesar dos 20 créditos que constam na página do IMDB dele. Por conta dessa baixa expectativa acerca dele, pouco se falou sobre esta adaptação do livro de mesmo nome em inglês (em português, o livro se chama Longe da Multidão). O que é triste, principalmente quando se leva em consideração de que é um dos raros casos de casamento perfeito entre realizador e obra a ser adaptada.

Continuar lendo

Publicado em filmes | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário