A Vida em Si (Life Itself – 2018)

casal de Nova Iorque grávido na rua.jpg

Regras existem para serem quebradas. Há quem acredite que isso se aplica especialmente ao cinema, como conceitos de enquadramentos, movimentos de câmera, montagem ou de roteiro. Um dos mais embasados na produção mundial é o da estrutura de cinco atos, com prólogo, início, meio, fim e epílogo. Mas, quando serve à mensagem e à história, essa norma deve ser quebrada.

Continuar lendo

Publicado em Filmes | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

As Viúvas (Widows – 2018)

as viuvas se preparam para o assalto

Uma das regras do cinema para determinar a qualidade de diretor começam a se destacar é verificar quando eles fazem um filme de assalto. Enquanto alguns dos medíocres fazem coisas péssimas como Ladrão de Diamantes (Brett Ratner) ou Oito Mulheres e um Segredo (Gary Ross). Enquanto grandes realizadores fazem algo como Em Ritmo de Fuga (Edgar Wright) ou Atração Perigosa (Ben Affleck).

Continuar lendo

Publicado em Filmes | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

De Repente uma Família (Instant Family – 2018)

familia toma sorvete.jpg

Se tem algo que Hollywood faz muito bem, no meio do processo quase industrializado de produção de filmes, é aperfeiçoar tecnicamente a realização de uma obra. Mesmo em obras que são óbvias desde o contexto inicial, como este De Repente uma Família, a qualidade impressiona, mesmo que tire muito de uma possível personalidade.

Continuar lendo

Publicado em Filmes | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Parque do Inferno (Hell Fest – 2018)

parque-do-inferno

Produzir um filme do estilo slasher, subgênero do terror que contém assassinos em série, sangue e uma grande quantidade de vítimas, se torna cada vez mais difícil por conta da saturação desse mercado. Continuar lendo

Publicado em Filmes | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Infiltrado na Klan (BlackkKlansman – 2018)

Ron encara alvo racista.png

Hoje em dia, quando se fala do estilo blaxploitation, o que vem à mente são as referências do Quentin Tarantino, os filmes do Shaft, ou a atriz Pam Grier. Restrita a uma época específica, a estética existe acima do visual e das músicas, mas também na valorização da população negra. E, felizmente, este Infiltrado na Klan se encaixa bem na descrição.

Continuar lendo

Publicado em Filmes | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Aqueles filmes no universo do Harry Potter: Parte 2 (Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindewald – 2018)

foto de elenco.png

Essas dez pessoas da imagem acima constituem o elenco principal de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindewald. Sim, são dez personagens com conflitos desenvolvidos em começo, meio e fim em um filme de pouco mais de duas horas. Na continuação da retomada de uma das maiores franquias cinematográficas. Parece confuso?

Continuar lendo

Publicado em Filmes | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O Grinch (The Grinch – 2018)

Grinch observa a vila

Entre os clássicos do Natal dos Estados Unidos, estão coisas estupendas como A Felicidade Não se Compra ou Duro de Matar. Na televisão, além desses, é obrigatório a retransmissão do desenho animado de 1966 Como o Grinch Roubou o Natal, adaptação do livro homônimo do Dr. Seuss. Com isso, a rabugenta antítese infantil do Papai-Noel ganhou o imaginário popular relacionado à data.

Continuar lendo

Publicado em Filmes | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Operação Overlord (Overlord – 2018)

Boyle com a seringa

É difícil ver a proposta deste Operação Overlord e não esperar algo diferente de um filme de terror trash. Afinal, nada mais justo quando se mistura nazistas com zumbis. Mas este filme chega com a mesma surpresa com que o Tubarão de Steven Spielberg tomou os cinemas na década de 1970. É uma história B, mas com produção de qualidade A.

Continuar lendo

Publicado em Filmes | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Bohemian Rhapsody (2018)

freddie no palco.jpg

Adaptações para o cinema são das coisas mais difíceis tanto de realizar, quanto de analisar. O original sempre tem peso em todas as escolhas. Desde quanto deve ser romantizado ou alterado. Em caso de adaptação da vida de uma pessoa real, pode ser ainda mais complicado. Ainda mais como no caso deste Bohemian Rhapsody, que narra a jornada de Freddie Mercury (Rami Malek) desde que entrou na banda Queen até a apresentação no show Live Aid.

Continuar lendo

Publicado em Filmes | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Punisheiro (O Doutrinador – 2018)

doutrinador aponta arma.jpg

Um garoto, ao ver as notícias, ouvir histórias de parentes e as reclamações dos pais, pergunta para a mãe: “O que acontece se a população se revoltar e matar todos os políticos?” A resposta: “Teremos uma nação de assassinos.” O conto moralista não saía da cabeça enquanto rolava a sessão de O Doutrinador.

Continuar lendo

Publicado em Filmes | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário