Só queria deixar isso aqui.

Ontem foi um dia de boas notícias, meus caros. Eis que no meio da tarde o senhor Bryan Singer, um dos grandes responsáveis pela ótima fase que filmes baseados em gibis está passando, faz isso aqui.

A algum tempo foi anunciado que a continuação do ótimo X-men: Primeira Classe se chamará X-men: Days of Future Past. Para quem não conhece a fundo Days of Future Past, ou Dias de um Futuro Esquecido como ficou conhecido no Brasil, é uma história famosa dos X-men na qual um certo personagem volta do futuro para impedir um “atentado” que acarretará em uma espécie de apocalipse mutante.

A proposta é um tanto ridícula para o cinema, eu sei. Mas nas HQs funciona muito bem. Alguns ainda dizem que é a melhor da história da franquia na mídia. Isso eu não sei. Mas parando para pensar nos filmes da série podemos pensar em uma variação.

Os filmes partem de um “futuro não muito distante”. Começaram muito bem com X-men 1 e 2. Depois descambou para o ridículo com X-men: O Confronto Final, que matou metade dos personagens e travou o futuro da série. Então os produtores foram para onde sobrou, o passado. Veio aquele filme que todos preferiram esquecer e depois surgiu Primeira Classe. O melhor da franquia.

A continuação do filme que se passa no passado é uma história em que personagens do futuro voltam no tempo. Será que o tal personagem que vai voltar no tempo pode ser da primeira trilogia. Quem sabe pode até ser a solução encontrada pelos produtores para continuar a história a partir do fatídico final do terceiro filme.

E de repente Bryan Singer, que vai ser o diretor do longa, solta aquele twitt. Ian McKellen e Patrick Stewart, os primeiros intérpretes do Magnet e do Professor Xavier vão participar do filme dos intérpretes atuais, Michael Fassbender e James McAvoy.

Ainda vale a pena lembrar que esse filme também vai ter isso aqui. Um pouco de sensualidade sem vulgaridade.

Todos levantam, comemoram, soltam fogos de artifício, se abraçam…

 

GERÔNIMOOOOOOO…

Sobre Vina

Publicitário frustrado, editor, cinegrafista, assistente e sonhador. Cinema é algo que não se entende completamente. Sempre se estuda.
Esse post foi publicado em Novidades e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s