Mundo da Mari – Rugrats: Os Anjinhos – O Filme

MSDRUMO EC006

Baseado na série de desenho animado norte-americana exibida de 1991 a 2004. Rugrats fez parte de toda a minha infância. Era produzida pela Nickelodeon, transmitida em canais de TV a cabo e pelo SBT. Como personagens título, Tommy Pickles, Chuckie Finster e os gêmeos Phil e Lil DeVill e ainda Angélica uma garotinha mais velha de três anos.

Rugrats: Os Anjinhos – O Filme foi lançado em 1998 como o primeiro filme de animação da Paramount Pictures. Produzido pela Nickelodeon Movies e Klasky-Csupo, segue a mesma linha da série de desenhos, mostrar a visão de crianças na primeira infância. Como se comunicam entre si, com uma espécie de linguagem que somente eles entendem, e a forma com a qual compreendem os adultos. Angélica é a única que compreende os adultos e as crianças e usa isso para proveito próprio.

O foco principal do filme é o novo irmãozinho de Tommy, Dil. Ele espera muito essa chegada, porém, quando de fato acontece, ele vê que não era exatamente tudo aquilo que ele achava. Ele e seus amigos criam diversas teorias para as perguntas que as crianças sempre fazem. De onde vem os bebes. Como eles surgem. Por que choram tanto quando são pequenos. Tommy se sente abandonado agora que Dil tem toda a atenção de seus pais. O que é normal, pois recém nascidos requerem um cuidado maior.

originalTommy tendo problemas com o irmão mais novo.

Na intenção de ajudar Tommy, seus amiguinhos tentam devolver seu irmãozinho para o lugar de onde ele veio. Dando início à toda a aventura do filme. Todo o grupo vai parar em uma floresta e não consegue voltar para casa. Perdidos, precisam lidar com as diferenças e Tommy precisa entender o que é ser um irmão mais velho.

A linguagem é bem infantil, mas divertida. Mari se identificou bem com os pequenos, pois ainda estão falando errado e aprendendo sobre o mundo. Claro que ela gostou mais da Angélica, a mais velha e independente do grupo. Confesso que bem geniosa, como ela mesma.

Esse primeiro filme fez tanto sucesso que obteve uma continuação, Rugrats em Paris – O Filme (2000), e Rugrats Todos Crescidos (2001). Em 2003 também foi feito outro filme com os Thornberrys, Os Rugrats e os Thornberrys Vão Aprontar.

 

Beijo!

Sobre Aysla de Oliveira

De essência ímpar, feminista, amiga, justiceira em tempo integral e mamãe da Mari.
Esse post foi publicado em Filmes e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s