Mundo da Mari – O Lorax

20058466.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida (The Lorax) é ambientado em uma Terra pós-apocalíptica bem bonitinha. Não existe vida natural, a fauna foi extinta e a geração atual que habita a cidade chamada “Thneed-Ville” nunca teve contato com árvores reais, somente versões plastificadas e digitais. O personagem principal, Ted (Zac Efron), é um menino que, instigado pela paixão que sente por Audrey (Taylor Swift), decide procurar uma trúfula para dar lhe de presente. Trúfula é o nome das árvores extintas. A fim de realizar esse desejo, ele vai atrás de Umavez-ildo (Ed Helms). De acordo com a lenda contada por sua avó, ele é o único capaz de conseguir uma árvore de verdade. Ao procurar pelo homem, ele conhece o motivo do sumiço das árvores junto com a história do guardião delas, O Lorax (Danny DeVito).

Filme lançado em 2012, produzido pelos estúdios Illumination Entertainment e distribuído pela Universal Pictures, O Lorax é baseado a partir da história do livro, e do seriado exibido na TV norte americana de 1972 à 2005, escrito pelo Dr. Seuss, o responsável pelas obras “Horton Choca um Ovo”, que inspirou o filme Horton e o Mundo Dos Quem! (2008), e “Como Grinch Roubou o Natal”, que resultou no filme live-action de 2000.

Ted, desmatamento para impressionar garotas.Umavez-ildo e o desmatamento.

O personagem que dá nome ao filme é uma espécie de curupira, guardião da floresta e responsável por sua preservação. O Lorax não deveria ser o título da produção, passa uma falsa ideia do conteúdo, é quase uma propaganda enganosa. Pouca importância se dá a ele na trama. A história é centrada praticamente em Umavez-ildo. Ted e ele aparecem como meros personagens coadjuvantes, apesar de que o primeiro tem o papel importante no desfecho. Não há uma real busca a algo perdido, mas sim um garoto tentando impressionar uma garota na qual está interessado. Grande parte da história foca no passado do grande responsável pela devastação dos arredores da cidade. O filme deveria ter ganhado o nome de Umavez-ildo.

Ser ecologicamente responsável virou modinha. Que bom para as gerações futuras ter ideias ambientalistas sendo levadas a elas de forma divertida. Explicar suas causas e efeitos diante de escolhas que refletirão no futuro, exemplificando a questão da importância da fauna para a boa qualidade da vida. Sem árvores e sem ar, um personagem chamado O’Hare se beneficia do desmatamento vendendo ar engarrado. Clara demostração do capitalismo acima da qualidade de vida. Pode até ser exagero da parte dos criadores, mas quem garante que isso um dia não irá acontecer?Umavez-ildo teve a opção de continuar a produzir os seus produtos a partir da matéria prima da trúfula de uma forma sustentável que não agrediria a floresta, porém sua ganância falou mais alto culminando na quase extinção da espécie da árvore.

20058476.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxEd Helms dubla Umavez-ildo.

Poucas cenas divertidas e muita reflexão sobre ambientalismo contribuíram para a falta de interesse da Mari. As imagens em computação gráfica são excelentes, mas cores e musiquinhas de introdução não foram suficientes para conquistá-la. As longas cenas de diálogo entre Ted e Umavez-ildo são cansativas e pouco interessantes para crianças de 5 anos. A temática sobre preservação e sustentabilidade da fauna e da flora deve ser levada ao conhecimento das crianças e a conscientização por meio de formas lúdicas como acontece com as animações contribuirão para essa formação de consciência.

 

Grande beijo!

Sobre Aysla de Oliveira

De essência ímpar, feminista, amiga, justiceira em tempo integral e mamãe da Mari.
Esse post foi publicado em Filmes e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Mundo da Mari – O Lorax

  1. marinafaedda disse:

    Aysla, eu sempre me perguntei sobre o que era esse filme, mas não sabia! Fiquei meio decepcionada com o enredo, parece chatinho, mas quem sabe não dou uma chance, né?

    Um beijo!

    • Aysla disse:

      O cartaz não dizia muito né…mas o filme é interessante até, mas admito ser chatinho…rsrs beijosss!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s