O Dolly Zoom

vertigo-dolly-zoom-01-hd_dvd.original

Você já ouviu falar sobre o Dolly Zoom? Eu já falei um pouco sobre enquadramentos em outro post, mas agora vamos falar sobre um enquadramento que foge do padrão. Foge tanto e cria um efeito tão incrível que ganhou nome e foi repetido à exaustão desde sua criação na cena da imagem acima, no filme Um Corpo que Cai.

Hitchcock estava procurando uma forma de demonstrar visualmente o medo de altura do protagonista. A solução foi filmar o cenário de cima para baixo descendo a câmera e abrindo o ângulo da lente ao mesmo tempo. Embora a câmera estivesse se aproximando do cenário, a lente o fazia parecer mais profundo. Ou seja, uma queda natural parecia estar ficando mais alta.

Daí em diante diversos diretores utilizaram o efeito de maneiras diversas e originais para contar coisas diferentes. Para quem quer ter alguma noção, veja o vídeo chamado Evolution of the Dolly Zoom abaixo.

No vídeo, alguns dos melhores usos do efeito. Vamos falar sobre alguns.

Captura de Tela 2014-05-15 às 13.29.22Tubarão – Quando o protagonista vivido pelo Roy Scheider desiste de seus esforços políticos para fechar a praia e tenta relaxar com a esposa acreditando que o suposto tubarão assassino foi embora, o bicho mata justamente uma criança. A realidade brutal é revelada por Spielberg ao colocar o mundo se distorcendo ao redor do pobre personagem.

Captura de Tela 2014-05-15 às 13.42.55E.T. O Extraterrestre – Spielberg usa o efeito mais uma vez. Começa alongando o mundo daquela cidadezinha forçando o espectador a ter a perspectiva tanto do alienígena quanto das crianças. Então os adultos tomam a cena e o efeito diminui o mundo novamente mostrando como a realidade é bem menor para os gigantescos homens crescidos.

Captura de Tela 2014-05-15 às 13.47.41Poltergeist – Este não foi dirigido, mas foi escrito pelo Spielberg. O diretor clássico de terror Tobe Hooper mostra a importância da personagem de chegar ao quarto, mas não importa o quanto ela avance, o corredor continua aumentando graças ao Dolly Zoom, dando a impressão de que ela nunca vai chegar lá.

Captura de Tela 2014-05-15 às 14.03.15Rápida e Mortal – No duelo entre pai e filho, Sam Raimi fecha o mundo dos dois personagens durante o tiroteio. O Dolly Zoom afasta o resto do mundo ao mesmo tempo em que os aproxima um do outro nos últimos momentos antes de trocarem tiros.

 

Assista ao vídeo. Vale muito a pena experimentar um pouco a sensação do efeito e pensar um pouco sobre como ele pode ser usado para passar alguma ideia importante em um filme.

 

ALLONS-YYYYYYYY…

Sobre Vina

Publicitário frustrado, editor, cinegrafista, assistente e sonhador. Cinema é algo que não se entende completamente. Sempre se estuda.
Esse post foi publicado em Dica, Discussão e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para O Dolly Zoom

  1. Pingback: Poltergeist – O Fenômeno | Aquela velha onda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s