Franquias de terror modernas

-8efb489c-2967-408d-ad0f-099c8fb2a1e7

Um fenômeno “recente” tem tomado os cinemas globais pelo menos uma vez por ano. Poucas pessoas percebem que ele existe e, na grande maioria das vezes, quando é percebido, isso se dá de forma individual. Porém, o fenômeno é um pouco maior que seus casos fechados.

No começo dos anos 2000, James Wan e seu amigo Leigh Whannell resolveram tentar fazer um filme. Como tinham pouco dinheiro, resolveram fazer um roteiro que fosse o mais barato possível. Então pensaram em uma trama que poderia ser passada inteiramente dentro de um único cômodo. Então criaram um filme com dois homens que acordam dentro de uma sala fechada com um cadáver no meio. Pouco a pouco recebem pistas que indicam que são vítimas de um assassino serial. Se você viveu nos anos 2000, sabe que estou falando de Jogos Mortais.

O filme foi feito assim. História extremamente limitada em termos espaciais para esconder o baixo valor. O resultado foi um fenômeno global. Tanto que o filme se pagou umas cem vezes. Literalmente, seu custo aproximado foi de 1.2 milhões (de acordo com o IMDB) e o retorno global foi de 103 milhões. O estúdio não perdeu tempo e imediatamente ordenou a continuação. Por mais que a cada filme eles gastassem mais e rendessem menos, os filmes eram tão baratos e seus lucros tão altos que eles passaram a fazer um por ano.

Até que, no sétimo filme, ninguém se importava mais. A cada continuação a franquia ficava pior e pior e o público gostava menos. Todo o leite daquela vaca havia sido sugado. No mesmo período, um grupo de amigos com algumas câmeras HD e muito tempo livre fizeram uma espécie de filme caseiro sobre um casal que é assombrado por algo sobrenatural. Tudo com linguagem de câmera caseira, como se todas as câmeras existissem no universo das produções. Atividade Paranormal apareceu para tomar o lugar de Jogos Mortais.

pa1Atividade Paranormal. Câmera diegética e pouco orçameto.

Mais uma vez um filme barato rendeu milhões ao estúdio. Quando os Jogos Mortais pararam de passar nos cinemas todo ano no mês de outubro para arrecadar em cima do Halloween, Atividade Paranormal passou a render dinheiro fácil. Porém, o final dessa história era fácil de se prever. A franquia Atividade Paranormal cansou. Agora que mais ninguém espera ansiosamente para curti-los no cinema, surgiu Uma Noite de Crimes.

8860_1Uma Noite de Crimes. Destinado ao esquecimento.

Esse é bem diferente por motivos específicos. Uma Noite de Crimes não é necessariamente um filme de terror, mas um suspense distópico. Ele custou três milhões e rendeu surpreendentes sessenta milhões. Vinte vezes seu valor original. Isso em 2013. Então adivinha o que aconteceu. Isso mesmo, em 2014 o segundo filme foi lançado, também a baixo custo, e rendeu muito dinheiro.

Ou seja, em alguns anos teremos alguns vários filmes da franquia Uma Noite de Crimes que cansarão os espectadores e serão substituídos por qualquer outra porcaria do tipo que surgir no caminho. Veremos se a regra se repetirá.

 

FANTASTIC…

Sobre Vina

Publicitário frustrado, editor, cinegrafista, assistente e sonhador. Cinema é algo que não se entende completamente. Sempre se estuda.
Esse post foi publicado em Bizarrices, Desabafo, Dica, Discussão e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s