Fora do cinema – Bidu: Caminhos

Bidu-Caminhos

O Maurício de Souza não faz segredos em relação ao assunto. O cachorro Bidu é um de seus personagens favoritos. Foi um dos primeiros do universo do bairro do limoeiro a ser criado por Souza e as aventuras do menino Franjinha com ele eram inspiradas na relação do quadrinista com um cachorro de sua infância. Em sua história da série Graphic MSP (linha de graphic novels da Maurício de Souza), o personagem recebe uma representação desse carinho.

Um cachorrinho vira-lata azul vive sem rumo pelo bairro do limoeiro procurando um lugar pra dormir na chuva e comer um osso que carrega consigo. Enquanto isso, um menino da vizinhança procura por um cachorrinho para criar.

A história se chama Caminhos porque, como o próprio Bidu filosofa em certa parte da história, “cada um fez, do seu jeito, o que achava melhor, mas acabamos ficando ainda mais perto um do outro”. Caminhos é uma história de origem para o cachorrinho. Como ele deixou de ser um simples cão de rua e passou a ser o personagem das histórias com os amigos famosos e sua bondade simples.

Histórias do tipo são difíceis, mas os mineiros Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho dão conta do trabalho com elegância. O Maurício de Souza tinha apenas uma cobrança inicial, a forma como os balões de diálogos deveriam ser apresentados. Existe um diálogo entre os animais que não é realizado através de palavras. Para fazê-lo os realizadores mudam as formas dos balões para que eles sejam parte do desenho e da comunicação.

Na trama, Bidu cruza caminhos com o Bugu, o Roque, a dona Pedra e até o Rúfius. Como um grupo de animais perdidos, eles começam com objetivos individuais e separados, principalmente o Bidu, que está lá para cuidar de si mesmo. Não fossem os desencontros com o Franjinha, ele jamais teria conhecido o garoto como o cachorro que ele viria a amar.

O desenho segue um traçado lindo, que conta com uma colorização de tons leves. Esses personagens nunca foram tão fofos. Mesmo o Bugu, que é uma bola amarela em sua versão original. Aqui, todos parecem ter pelos macios e possíveis de fazer carinho.

Da série Graphic MSP, essa do Bidu é uma das melhores até o momento, junto da do Astronauta e a da turminha principal. O Papa-Capim, a turma da mata, o Penadinho e o Louco devem ganhar suas novas versões em breve. Além deles, Astronauta: Magnetar vai ganhar continuação, assim como Turma da Mônica: Laços. O futuro para a linha é promissor.

 

ALLONS-YYYYYYYYY…

Sobre Vina

Publicitário frustrado, editor, cinegrafista, assistente e sonhador. Cinema é algo que não se entende completamente. Sempre se estuda.
Esse post foi publicado em Dica, HQ e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s