Caçada Mortal

tumblr_n7dn1nr6HQ1sfcr70o1_1280

Liam Neeson assumiu, depois dos 50 anos, a imagem de herói de ação. Não é a toa que este Caçada Mortal foi vendido como mais um filme de porradaria do ator. Mas, muito pelo contrário, o filme demonstra uma lenta investigação criminal. Justamente por isso é um suspense de grande tensão.

Matt Scudder é um policial aposentado de Nova Iorque que vive de fazer favores. Eles faz serviços de detetive para pessoas e as pessoas o pagam com “presentes”. Um homem rico cuja esposa foi sequestrada e morta mesmo após o pagamento do resgate contata Scudder para descobrir quem são os sequestradores.

Caçada Mortal é um suspense sobre investigação. Nada de ver o Liam Neeson em troca de murros e chutes com vilões. Aqui ele pega pequenos detalhes que encontra, vai para os locais, bate de porta em porta, faz as perguntas certas para pessoas que possam ser testemunhas e assim desencava aos poucos a história por trás do sequestro.

A-Walk-Among-The-Tombstones-Dan-Stevens-WallpapersO marido da vítima. “Presentes” em troca de “favores”.

Scott Frank, o roteirista e diretor, escreve filmes há muitos anos. Essa experiência vale para diálogos prolixos, que não escondem detalhes, mas também não explicam coisas que seriam ilógicas de serem ditas. O personagem Scudder é inteligente e consegue inferir de observações e falas coisas como suspeitos, ângulos de observação e mais. Porém, as coisas que ele descobre investigando não são ditas. Ele vê uma coisa, percebe algo e não fala para si mesmo como muitos outros protagonistas do estilo fariam. As ações seguintes dele são consequências diretas do que ele descobre. Com esse recurso, Frank tem a liberdade para encher os diálogos de indiretas. Meias palavras passam as intenções de cada discurso. Para detalhar cada passo da investigação, muitas cenas de Scudder apenas dialogando com testemunhas ou observando locais de crimes acontecem uma atrás da outra por quase duas horas de filme. A lentidão resultante pode ser cansativa.

Apesar da extensa carreira como roteirista, Caçada Mortal é o segundo filme de Scott Frank como diretor. Em uma cena na qual Scudder segue um suspeito, o enquadramento começa com o indivíduo caminhando pela rua. A câmera acompanha seu movimento até que Scudder aparece escondido atrás de um poste. Ele começa a andar atrás e dá uma olhada rápida por cima do ombro, no mesmo momento, um vulto escuro pode ser visto atrás dele fora de foco. Sem dizer nada e de forma bastante sutil, Frank revela que Scudder também está sendo seguido por alguém. Porém, Frank não é bom para dirigir ação. Na única cena de luta, não consegue retratar os golpes e movimentos com os enquadramentos, o que deixa os golpes e quem os recebe confusos.

O filme é adaptação do livro A Walk Among the Tombstones (algo como Uma Caminhada entre as Lápides), do autor Lawrence Block. O escritor faz livros do estilo literatura de aeroporto. Obras de suspense cheias de reviravoltas com um personagem forte que normalmente ganha séries de vários livros. Das 68 ficções de Block, 39 são de séries de personagens como Scudder (que protagoniza 16 outros livros além do que deu origem a este filme, seis deles traduzidos para o Brasil). Literaturas de aeroporto não são exatamente um grande exemplo de textos de qualidade, mas servem para diversão rápida, o que é mais do que adequado para o cinema. Por se tratar de apenas um livro em uma série, a adaptação de A Walk Among the Tombstones (não tem título em português porque não foi lançado no Brasil) pode ser apenas a primeira de uma franquia de filmes com o personagem.

A Walk Among The TombstonesScudder com TJ. O garoto que passa a auxiliá-lo.

Neeson demonstra um luto constante para dar peso a um erro sério no passado de Scudder. O personagem era alcoólatra e está a oito anos sem beber. Os passos da reabilitação são um guia constante para suas ações e o ator dá conta do fardo com tranquilidade. O elenco de apoio todo está bem, principalmente um menino que acaba virando uma espécie de ajudante de Scudder e um dos vilões, que consegue expressar um prazer perturbador quando tortura as mulheres que sequestra.

Caçada Mortal é exatamente o que promete, um bom suspense de investigação criminal. Não há a pretensão de ser algo a mais do que isso e não é motivo para julgar a produção. Ela é um pouco lenta e a única cena de ação peca, mas, no geral, é um bom thriller.

 

ALLONS-YYYYYYYY…

Sobre Vina

Publicitário frustrado, editor, cinegrafista, assistente e sonhador. Cinema é algo que não se entende completamente. Sempre se estuda.
Esse post foi publicado em Filmes e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s