Super mulheres que merecem filmes

titlewomen

A Marvel (Disney) e a DC (Warner) têm um calendário de filmes de super-heróis programados até 2020. Como a moda cresceu desde 1999, quando os X-men fizeram sucesso, não é realmente surpresa. A surpresa é que as duas grandes representantes dos quadrinhos listaram filmes de alguns heróis bastante desconhecidos. Muita coisa boa e interessante vem por aí, então vamos pensar em algumas mulheres desconhecidas que merecem ganhar uma repaginada nos cinemas.

Este post estava previsto para ser um top tantos super-heróis que merecem ganhar um filme. Mas comecei a perceber que praticamente não haviam personagens masculinos na lista que estava concebendo. Na verdade, a lista estava tão curta que o post vai ser apenas sobre as duas moçoilas apresentadas na imagem principal acima e algumas que merecem ser lembradas mesmo que não entrem na lista.

Vamos a elas.

1. Ms. Marvel (Kamala Khan)

Ms._Marvel_Vol_3_2_Molina_Variant_Textless Já faz algum tempo que estou interessado em falar sobre a nova Ms. Marvel. O nome foi usado por três personagens femininas. Primeiro a Carol Danvers, que vai ganhar um filme chamado Capitã Marvel e era apenas uma versão feminina do Capitão Marvel. Eventualmente ela se revelou uma personagem mais forte que sua contraparte masculina e o título Capitã agora é dela. Depois Sharon Ventura e Karla Sofen substituíram Danvers. As duas esquecíveis.

Kamala foi criada pelo trio Sana Amanat, G. Willow Wilson e Adrian Alphona. Ela não é apenas mais uma Ms. Marvel. Primeiro porque ela não tem os mesmos poderes que as anteriores. Ela teve sua própria origem. Só utiliza o nome porque é uma grande fã de Carol Danvers. Ou seja, Kamala escolheu um título de heroína já utilizado como homenagem a outra grande figura feminina do universo Marvel.

Mas Kamala é mais do que só uma forte figura feminina. Ela também é o primeiro herói muçulmano da Marvel. Ela é adolescente, suas curvas não ficam à mostra no figurino colorido, ela não é loira, seus olhos são pretos e seus primeiros conflitos estavam relacionados à sua figura e sua baixa auto-estima. Não é à toa que a série regular de Kamala fez um grande sucesso entre o público feminino que se sentia mal representado nas histórias em quadrinhos.

2. Zatanna

235978Zatanna não tem identidade secreta. Esse é o nome real dela. Ela é uma filha de um mágico e usa os talentos herdados do pai para viver como artista de ilusionismo. É claro que seus truques apresentados para a plateia não são truques, mas mágicas reais.

Descobri a senhorita Zatanna lendo uma série chamada Sete Soldados da Vitória. Uma série bem fraca, diga-se de passagem, mas com uma ideia bastante interessante de seus criador, Grant Morrison. O famoso roteirista de quadrinhos pegou sete personagens desconhecidos para reinventá-los em uma saga em que enfrentam uma ameaça em comum. Dos sete, o único que realmente achei interessante foi Zatanna.

Não se deixe enganar pela pesquisa de imagem do Google, que vai revelar apenas imagens da heroína extremamente sexualizada. Ela sempre tem seios enormes tentando escapar de decotes apertados, um espartilho que aumenta suas curvas e falta de roupa na parte inferior do corpo. Porém, ela é uma das poucas personagens femininas que não é feita como resposta a um homem e não tem realmente super poderes. Ela usa de frases mágicas e enfrenta o universo mágico da DC. Ela, inclusive, é o grande nome na Liga da Justiça Sombria ao lado de John Constantine.

O filme do grupo vai ser dirigido pelo Guillermo del Toro, então existem grandes chances de vermos Zatanna no cinema. Mas um filme solo é mais difícil de acontecer. Seja como for, esperança é a última que morre. Assim como espero por um filme dela, espero que del Toro ao menos saiba representá-la de forma séria, sem essa putaria de sexualização exagerada.

 

Dignas de nota:

w-a-s-pJá ouviu falar da Vespa? Bem, em breve ela deve ficar conhecida com o filme do Homem Formiga. Ninguém tem certeza ainda, mas há quem diga que ela será o par romântico do herói no filme a ser lançado no final do ano que vem. Paul Rudd será o herói e ele estará muito bem acompanhado pela Evangeline Lilly, também conhecida como a Kate do Lost e o cosplay de Link na trilogia do Hobbit. A atriz corresponde ao perfil da personagem e pode muito bem fazer parte dos Vingadores em As Guerras do Infinito.

Ela não entrou na lista porque supostamente já tem filme e também porque depende de uma série de personagens masculinos para existir.

 

GalleryChar_1900x900_raven_52ab86d843cb24.66905215Filha de um ser entre dimensões. A Ravena ficou bastante conhecida no Brasil como parte dos Jovens Titãs. Mas, tal qual a Zatanna, é interessante o suficiente para ter suas histórias solo. Infelizmente, ela só faz sucesso com o grupo.

Ravena não pode se deixar levar por emoções de nenhum tipo. Seus poderes estão diretamente relacionados com seus sentimentos e se permitir sentir demais pode significar ruína de diversas formas. Personagens com limitações de seus sentimentos são interessantes e apresentam conflitos pessoais ricos.

Ela não entrou na lista por só funcionar como parte de um grupo e não isoladamente.

 

Soranik_Natu_(New_Earth)_0001Soranik Natu é uma cirurgiã do planeta Korugar que recebeu o chamado de um anel da tropa dos Lanternas Verdes. Porém, ela é filha do maior traidor da tropa, Sinestro, que tomou o planeta e governou como um ditador. Por isso ela se recusa a aceitar o cargo de Lanterna Verde. Não quer fazer parte do grupo que deu poder ao seu pai. Soranik é uma das poucas partes boas e interessantes do universo dos Lanternas Verdes. Seus conflitos são altamente identificáveis, ela é uma personagem rica e quando ela enfrenta uma ameaça, o confronto é genuinamente interessante. Ao contrário do resto do universo do qual faz parte.

Soranik não entra na lista porque, para ganhar um filme só seu, é preciso que existam muitos filmes dentro do universo porcaria dos Lanternas Verdes. Prefiro ficar com ela apenas nas páginas, onde toda a construção ruim já foi feita.

 

O que você acha? Falta alguma heroína interessante? Discorda de alguma?

 

GERÔNIMOOOOOOOOO…

Sobre Vina

Publicitário frustrado, editor, cinegrafista, assistente e sonhador. Cinema é algo que não se entende completamente. Sempre se estuda.
Esse post foi publicado em Dica, Discussão, HQ e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s