Em um Quarto de Hotel (À Beira Mar – 2015)

ANGELINA JOLIE and BRAD PITT star in Universal Pictures’ By the Sea, her directorial follow-up to the studio’s epic Unbroken. Credit: Universal Pictures

Roland e Vanessa são casados há 14 anos e passam por problemas conjugais. O escritor e a ex-bailarina viajam para uma cidade litorânea na França, onde tentam enfrentar as dificuldades. Eles ficam hospedados em um resort e conhecem um casal de recém-casados, e também alguns moradores da região, como o proprietário de um bar e o dono do hotel.

Os protagonistas são interpretados pelos casados na vida real, Brad Pitt e Angelina Jolie, agora creditada como Angelina Jolie Pitt. É o segundo filme em que os dois participam conjuntamente: a primeira parceria foi em Sr. e Sra. Smith. Para acompanhá-los na trama, estão Mélanie Laurent, Melvil Poupaud e Niels Arestrup.

À Beira Mar é o terceiro filme dirigido por Angelina Jolie e segue as obras Invencível e Na Terra de Amor e Ódio. O roteiro também fica por conta dela, que realiza o segundo trabalho nessa função. A próxima produção em que atua como diretora e roteirista está em fase de pré-produção e se chama First They Killed My Father: A Daughter of Cambodia Remembers.

O filme é dotado de belas paisagens e notável utilização de tons pastéis de cores, além de um bonito figurino. A trilha sonora, comandada por Gabriel Yared, é um ponto alto e aparece logo no início do longa-metragem. Também não demora a notar-se que Vanessa é uma mulher amarga, que claramente está com problemas. Não se sabe ao certo quais os motivos para a situação em que a personagem se encontra, e é em torno desse mistério que a história é desenvolvida.

brad-pittRoland, o escritor em busca de inspiração.

O ritmo do filme é lento, o que resulta em um clima monótono. A cronologia é construída dia após dia, com as rotinas dos personagens quase sempre iguais. Roland, no intuito de escrever um novo livro, vai para um bar e socializa com o proprietário; Vanessa, quando não fica dentro do quarto de hotel, vai comprar mantimentos na cidade.

É retratado um casal com muita raiva e frustração, principalmente por parte de Vanessa. Roland passa por um grande bloqueio criativo, mas nutre esperança em conseguir uma nova história durante o período da viagem. Com comportamento alcoólatra, ele passa o dia afogado em bebida e cigarro, o que às vezes culmina em agressividade. A esposa bebe, fuma, lê e dorme. Quando estão juntos, mal dialogam.

Após alguns dias de viagem, chegam Lea e François, que se hospedam no quarto ao lado de Vanessa e Roland. Eles estão casados há poucos meses e notadamente apaixonados, e logo atraem o interesse da ex-bailarina, que depois é compartilhado com o escritor. Os vizinhos mudam a dinâmica dos cônjuges em crise, que passam a conversar mais e a sair do hotel, algumas vezes acompanhados por eles. Os novos personagens dão mais tempero à trama e diminuem a monotonia.

angelina-jolie-by-the-sea-movie-brad-pitt-movie-images9Vanessa, ex-bailarina deprimida.

Os atores envolvidos realizam boas atuações. Os atores que fazem o casal destrutivo não têm uma química forte, o que pode ser explicado pela situação que os personagens enfrentam. Brad Pitt capricha no marido que, apesar dos problemas, ainda é apaixonado e dedicado à esposa. Já Angelina Jolie, trabalha bem ao interpretar o papel de uma mulher em conflitos intensos e tomada por sentimentos peculiares.

À Beira Mar é um filme agoniante. O espectador se envolve em uma história que mostra a complexidade da mente humana: traumas, isolamento, inveja, raiva, sofrimento e superação. O “clima” monótono pode ter sido utilizado justamente para causar esse sentimento de incômodo; para fazer com que o público fique aflito e curioso para entender o porquê da crise enfrentada por Roland e Vanessa. Os motivos não são óbvios, mas talvez a trajetória até a descoberta seja mais interessante do que ela em si.

Jolie Pitt realiza um bom trabalho na direção e roteiro. A duração da obra poderia ser mais curta: são mais de duas horas, que poderiam ser reduzidas para uma margem de 90 a 100 minutos. À Beira Mar é um filme que provavelmente não será amado por muitos. Quem não gosta de histórias mais paradas, que demoram a se desenvolver e não vão direto ao ponto, talvez não fique satisfeito.

Sobre Deborah Novais

Eterna perdida nos próprios pensamentos e sonhos, que ainda acredita em um mundo melhor. Louca que escolheu o Jornalismo como forma de ganhar a vida, mas nutre por ele sentimentos conflitantes. O amor pelas diversas formas de arte a acompanha desde que se entende por gente. Não troca Netflix, cinema, shows e teatro por quase nada.
Esse post foi publicado em Filmes e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s