1001 Filmes #47 – O Anjo Azul

Marlene Dietrich em cena

Filmes podem ser muito cruéis de vez em quando. Histórias podem ser de crescimento de personagem, como de destruição do mesmo. E eventualmente essas jornadas tomam rumos que chocam aqueles que se identificam. É o meu caso em relação a este O Anjo Azul.

É engraçado que este venha logo depois de A Caixa de Pandora na lista dos 1001 Filmes para se Ver antes de Morrer. Se aquele buscava mostrar como a sexualidade feminina é errada, este tem outra vilanização da mulher, mas a forma como a relação dela com o homem é feita altera o valor negativo.

É fato que a personagem Lola (Marlene Dietrich) é a causa da ruína do protagonista Immanuel Rath (Emil Jannings). Porém, é óbvio que ele também tem culpa pela própria tragédia. Professor respeitado da comunidade em que vive, ele vai investigar a fuga de alunos em um show burlesco de um lugar chamado Anjo Azul.

o professora vigia os alunos

O professor reina antes de conhecer Lola.

Lá, conhece Lola, que fica fascinada com o respeito que ele mostra ter com ela. Enquanto isso, o carinho surpreendente de uma mulher tão bela e mais nova o conquista aos poucos. Na verdade, por mais da metade da duração, O Anjo Azul é uma produção muito tenra sobre pessoas que descobrem um tipo de alegria na companhia um do outro.

É justamente o que faz com que a decadência que ocorre em seguida seja tão trágica. Enquanto os colegas de Rath, os de Lola e até a própria artista avisam o professor das consequências do relacionamento, esta se revela de forma chocante. E o diretor, Joseph von Sternberg, não tem piedade com o personagem.

Enquanto ele está no ápice, faz questão de representá-lo pequeno no cenário, com o olhar para cima. Em diversos momentos, a figura dele é comparada, por meio de alegorias, com a de um palhaço mudo. Eventualmente ele assume o cargo em uma cena histriônica que o reduz a uma galinha descerebrada. E para o crítico que se identificou com o momento, foi doloroso assistir.

Mais um fora do youtube. Fica o link para o torrent em 720p com legenda em inglês e o link para a legenda em português que encaixa no arquivo.

Sobre Vina

Publicitário frustrado, editor, cinegrafista, assistente e sonhador. Cinema é algo que não se entende completamente. Sempre se estuda.
Esse post foi publicado em 1001 filmes e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s