1001 Filmes #49 – Terra

mulher ao lado de girassol.png

O cinema soviético ataca mais uma vez. Com o mesmo apuro de montagem, que sobrepõe imagens para criar alegorias, esta obra de Aleksandr Dovzhenko usa apenas elementos do campo, uma vez que a trama se passa inteiramente em uma área rural onde fazendeiros pobres resolvem dividir uma terra para produzirem juntos. Eles também precisam enfrentar os mais ricos, que dominam no espaço.

E como é do movimento soviético, é claro que se trata de uma obra socialista, com direito a uma revolução e maniqueísmo contra os ricos. Apesar da riqueza técnica do período, o filme possui uma história tão simples que, se fosse mais rápido, seria um curta-metragem. Mas Dovzhenko repete conceitos à exaustão e faz com que as cenas sejam mais longas.

Além da discussão sobre modelos econômicos ou políticos, trata-se de um dos filmes mais lentos da lista até o momento. O que faz com que seus 69 minutos pareçam mais longos do que as quatro horas e vinte e um de A Roda. Assista abaixo.

Sobre Vina

Publicitário frustrado, editor, cinegrafista, assistente e sonhador. Cinema é algo que não se entende completamente. Sempre se estuda.
Esse post foi publicado em 1001 filmes e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s